Dra Ligia Cattai

Médica Neurofisiologista • Eletroneuromiografia
CRM PR 27869

Eletroneuromiografia

A eletroneuromiografia é um exame realizado somente por médicos, destinado ao estudo da função dos nervos, dos músculos e da interface entre eles. É composto de duas etapas: o estudo da condução nervosa (ou eletroneurografia) e a eletromiografia.

Esse exame constitui o melhor método para investigação de lesões dos nervos periféricos, tais como a neuropatia diabética, a síndrome do túnel do carpo, a paralisia facial, as lesões das raízes nervosas que partem da medula espinhal e outras doenças compressivas ou traumáticas dos nervos. Pode ser útil, ainda, para a avaliação de doenças dos músculos e da medula espinhal.

A Eletroneuromiografia é um exame importante para a investigação de doenças dos nervos e dos músculos.

Além de definir onde está o problema, o exame ainda indica a gravidade da lesão e estabelece a chance de melhora da doença (prognóstico). Realizado somente por médicos, destinado ao estudo da função dos nervos, dos músculos e da interface entre eles. É composto de duas etapas: o estudo da condução nervosa (ou eletro neurografia) e dos músculos (eletromiografia).

Avalia por meio de estímulos elétricos de baixa intensidade e os nervos e os músculos.

Os sintomas mais comuns que levam o médico a solicitar esse exame são:

  • Dor na região cervical ou lombar;
  • Dores nos membros superiores e inferiores;
  • Dormência nas mãos ou nos pés;
  • Paralisia dos músculos de um lado da face,
  • Fraqueza focal ou generalizada dos músculos do corpo.

O exame dura de 40 a 60 minutos e ao término do exame o paciente está apto a retomar todas as suas atividades diárias.

REFERÊNCIAS: BASMAJIAN, J. V. E C. J. DE LUCA
SENIAM: SURFACE ELECTROMYOGRAPHY
NORAXON: BIOMECHANICAL TECHNOLOGY
ANO: 2014

img01